Sistema Famato
SENAR
IMEA
       
Fale Conosco
 
Não perca esta Oportunidade
Produtores rurais já podem emitir o CCIR 2017
Conexão Agruhub - Editais para Startups e Empresas
   
 
 
05 de Out de 2017

voltar
 
BOI EM PÉ
Famato solicita manutenção da alíquota do ICMS do boi em pé em 4%
Ascom Famato
 

A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) protocolou na Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) e na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec) um ofício solicitando a manutenção da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em 4% nas operações interestaduais com gado em pé para os próximos seis meses.

 

O prazo venceu dia 30 de setembro. Para a Famato, a manutenção da alíquota em 4% nos próximos seis meses permitirá ao produtor melhores condições para negociar com os poucos frigoríficos que atuam no estado sem ter que enviar o gado para abater fora de Mato Grosso, já que é um procedimento burocrático.

 

De acordo com o vice-presidente da Famato Francisco Olavo Pugliesi de Castro, caso a alíquota de 4% seja mantida pela Sefaz existem tramites legais a serem seguidos até a aprovação e publicação. “O governo do estado terá que encaminhar a mensagem para a Assembleia Legislativa que, por sua vez, coloca na pauta de votação para ser lida e votada em plenário. Após aprovada pela Casa de Leis, o documento volta para o Executivo para sanção e publicação no Diário Oficial”, explicou Francisco.

 

Sendo assim, por enquanto, a lei em questão dispõe que nas operações interestaduais de gado bovino em pé, incidirá a alíquota de ICMS  de 7%. “É importante ressaltar que hoje a alíquota do ICMS é de 7%, previsto na Lei nº 10.568/2017. Estamos acompanhando a tramitação e qualquer informação nova estaremos comunicando a classe produtores pelos nossos canais de comunicação”, reforçou Francisco Castro.

 

A Sefaz informou que está realizando estudos para verificar a possibilidade de manter a alíquota em 4%.

 


 



Fonte: Ascom Famato
 

VEJA TAMBÉM
Famato discute novas estratégias de combate à brucelose bovina em Mato Grosso
Produtores têm até o dia 31 de dezembro para aderir ao Regularize-MT
Imea lança Guia do Investidor
Imea projeta aumento na produção de algodão e queda nas culturas de milho e soja em Mato Gro
 
Eventos

nenhum evento com foto
 
Cenarium Rural
 
Galeria Multimídia
Videos
Fotos
A produção de etanol a partir do milho
MT tem potencial e visibilidade economica
TV Band - Imea divulga estudo
 
 
       
   FWS   
 
   webmail   
 
e-Famato   
 
(65) 3928-4400
famato@famato.org.br
 
Rua Eng. Edgard Prado Arze, s/n
Centro Politico Administrativo
CEP 78.049.908 - Cuiabá-MT